Confira quais são os principais erros ao trocar o óleo do motor

Trocar o óleo do motor é uma das tarefas mais importantes a se fazer para manter o veículo funcionando bem. Trocas de óleo são simples de realizar, mas o que acontece se houver um erro? Uma simples troca de óleo pode fazer o carro parar de funcionar?

A maioria dos motores não funciona por muito tempo sem óleo lubrificante, uma vez que ele é vital para lubrificar e ajuda no arrefecimento dos componentes internos do motor. Mas quais são os erros que podem ser cometidos em relação à troca do lubrificante? Veja a seguir.

Falsos lubrificantes trazem risco para o carro e motorista; entenda
(Imagem / Pinterest)

5 erros cometidos em relação ao óleo lubrificante na hora de trocar o óleo do motor

Hoje em dia, a qualidade e as especificações do óleo para motor são ainda mais importantes do que no passado. Isso porque as montadoras estão extraindo cada vez mais performance e eficiência dos motores.

VEJA TAMBÉM

A maioria dos motores modernos precisa de lubrificantes totalmente sintéticos que possuem os aditivos corretos para sobreviver aos extremos de temperatura, pressão e apertadas tolerâncias às quais são submetidos. 

Se, por qualquer razão, o motor não conseguir lubrificação suficiente nos locais necessários, isso pode causar desgaste prematuro e possíveis danos. Como resultado, a ECU (unidade de gerenciamento eletrônico do motor) pode prevenir isso impedindo a partida do motor, caso seja detectada pressão ou nível insuficiente de óleo.

Abaixo, trazemos uma lista das causas mais comuns, preparada pela Nakata Automotiva, fabricante de autopeças para o mercado de reposição.

Conheça os erros ao trocar do óleo do motor para evitar danificar o carro
( Foto: Petrobrás )

1. Uso de lubrificante errado

O uso de lubrificante diverso do especificado pelo fabricante do veículo pode resultar na dificuldade de partida do motor, ou até mesmo na impossibilidade de partida – especialmente nos motores mais modernos, que requerem lubrificantes muito específicos.

Os lubrificantes sintéticos modernos são líquidos complexos que contém uma variedade de aditivos que são desenvolvidos para proteger o motor contra diversas condições de dirigibilidade. É extremamente importante o uso óleo motor correto para prevenir danos a longo prazo.

A utilização de um lubrificante com viscosidade maior do que a recomendada pode dificultar a partida do motor. Óleo frio e espesso pode dificultar a rotação do motor e, se a pressão do óleo for insuficiente, a ECU pode impedir a partida para proteger o motor.

(Foto: Shutterstock)

2. Quantidade incorreta de óleo no motor

Se não for colocada a quantidade correta de óleo no motor isso pode afetar a pressão do óleo e o carro pode não pegar.

Quando o veículo está em movimento, o óleo é bombeado para o motor pela bomba que está localizada dentro ou perto do cárter. Em alguns modelos de carro, a ECU monitora o óleo usando dois tipos de sensores – o de pressão do óleo e o de nível de óleo.

Se o sensor de nível detectar um nível baixo de óleo, pode impedir a partida do motor. Da mesma forma, o sensor de pressão do óleo acompanha a pressão do óleo à medida que é bombeado ao redor do motor. Se for detectada pressão de óleo insuficiente, a ECU pode desligar o motor para protegê-lo contra danos.

Atenção! Conheça os riscos de usar falsos lubrificantes
( Imagem Ilustrativa )

3. Não trocar o filtro de óleo ou usar filtro de óleo errado

Instalar um filtro de óleo diferente do especificado ou não trocar o filtro velho pode provocar efeito de deterioração no fluxo de óleo dentro do motor.

Geralmente, cada motor utiliza um filtro de óleo específico em tipo, tamanho e formato. Alguns motores utilizam filtros blindados e rosqueáveis que são aplicados do lado de fora do motor, próximo ao cárter, ou um refil de elemento filtrante que é instalado dentro de um suporte. 

É importante utilizar o filtro de tamanho correto para prevenir vazamentos e para maximizar a eficiência da filtragem. Também é importante escolher um filtro de boa qualidade que irá remover e reter as impurezas do óleo.

Confira quais são os principais erros ao trocar do óleo do motor
(Foto: Pexels)

4. Tampa do reservatório de óleo danificada ou fechada incorretamente

A tampa do reservatório de óleo está localizada na parte superior do motor e é por meio dela que se reabastece o nível do óleo motor. As tampas de óleo dos carros modernos são feitas de plástico com vedação de borracha. Motores mais velhos podem usar tampas de metal com vedação.

Normalmente, tampas de óleo de plástico são bastante resistentes e podem durar o mesmo tempo de vida do motor. No entanto, as vedações de borracha podem começar a endurecer e ficar quebradiças nos motores mais velhos.

Isso ocorre por conta da elevada temperatura do motor ao qual as tampas são expostas. Se a vedação falha, pode causar vazamento de óleo e até mesmo a queda de pressão do óleo se o nível chegar abaixo do mínimo. Asim, é preciso fechar a tampa corretamente, sem folgas. O vazamento de óleo pode causar danos a outros componentes próximos do motor, como o alternador, a correia dentada e outras peças de plástico ou borracha.

Conheça os erros ao trocar do óleo do motor para evitar danificar o carro
(Foto: Freepik)

5.  Provocar danos na fiação ou no sensor

Se durante o processo de troca de óleo um sensor ou a fiação do sensor é danificada, isso pode fazer a luz de óleo acender no painel e impedir a partida do motor.

A troca de óleo em veículos modernos normalmente envolve na remoção de capas plásticas e em alguns casos mover algumas mangueiras ou fios para ter acesso ao bujão de dreno de óleo no cárter. Se não for cuidadoso, é possível causar damos enquanto se faz a troca de óleo.

Normalmente, o filtro de óleo pode ser o  mais difícil de remover, em alguns motores  para removê-lo pode ser necessário a utilização de ferramentas especiais.

Se o motor não der partida após a troca do óleo e houver uma luz de avaria do motor no painel, verifique novamente se não há fiação solta ou danificada perto do filtro de óleo. É possível que a fiação do sensor ou as mangueiras do líquido refrigerante ficaram presas sob as tampas plásticas quando forem reinstaladas.

carro com desconto
Foto: Unsplash

Paulo Silveira Lima
Paulo Silveira LimaJornalista com 20 anos de experiência profissional como repórter nas principais redações de jornais do Brasil, como Gazeta Mercantil, Folha SP, Estadão e Jornal do Brasil e em cargos de coordenação, edição e direção. Formado em Jornalismo pela Caśper Líbero.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
777 slots - conheça os erros para evitar danos ao carro