Película automotiva no carro: saiba o que pode e não pode pela lei

O insulfilm, ou qualquer outra película automotiva, gera mais privacidade aos ocupantes do veículo. Além disso, elas aprimoram a segurança em caso de quebra dos vidros, bem como em roubos e furtos. No entanto, para usar o acessório, é necessário seguir um conjunto de regras estabelecidas pelo Contran, veja.

Entenda quais são as regras para a utilização do insulfilm
Entenda quais são as regras para a utilização do insulfilm (Foto: reprodução)

Entenda quais as regras para a utilização de películas automotivas

O uso de película automotiva tem como foco principal, aumentar a privacidade dos ocupantes do veículo. Como consequência, ela aumenta também o nível de segurança, tendo em vista que a baixa visibilidade de quem esta de fora, pode evitar roubos e assaltos, por exemplo.

Ainda no quesito segurança, a película aplicada nos vidros podem ser essenciais em caso de quebra, afinal, com eles, o nível de estilhados espalhados será reduzido.

VEJA TAMBÉM

Por fim, o item também pode valorizar o conjunto estético do modelo, e agregar ao carro um visual mais moderno, bem como auxiliar a visibilidade do motorista em dias de sol.

No entanto, para que a utilização esteja dentro da lei, é necessário seguir um conjunto de regras, como o nível de transparência, que é alterado de acordo com a área envidraçada do veículo.

O limite de visibilidade da película automotiva permitida por lei

O uso da película é regulamentada pela Resolução 254/2007 do Contran, o Conselho Nacional de Trânsito.

A lei explica que de acordo com a área envidraçada, o limite da transparência é alterado, para não comprometer a visibilidade do condutor.

Segundo o Contran, a transparência mínima no para-brisa deve ser de 75%. Já nos laterais dianteiros, é de 70%, e no restante, de 28%.

O para-brisa e os vidros dianteiros são utilizados pelo condutor para a realização de condução e manobras, dessa forma, o nível de transparência deve ser maior para não comprometer a segurança.

Entenda quais são as regras para a utilização do insulfilm
O nível de visibilidade é alterado de acordo com a érea envidraçada (Foto: Reprodução)

As películas mais utilizadas no mercado

De acordo com a Minuto Seguros, as películas populares são a G5, G20 e G35. Nesse caso, os números indicam a transparência da películas, sendo:

G35 (mais clara) –  que menos interfere na visibilidade e permitida por lei.

G20 (intermediária) – transparência média e permitida por lei.

G5 (mais escura) – esse tipo de película é proibida por lei.

O que acontece com quem utiliza película automotiva fora dos padrões

Além das regras previstas em lei, é necessário entender qual a penalidade para quem está com o veículo em desacordo.

Nesse caso, se for constatado que o carro está irregular, e o proprietário do carro for parado em uma blitz, por exemplo, a penalidade será de cinco pontos na Carteira Nacional de Habilitação, a CNH, além de multa de R$ 195,23. Nesse caso, o carro também pode ser retido para regularização.

Entenda quais são as regras para a utilização do insulfilm
Quem estiver irregular, pagará multa de R$ 195,23 e cinco pontos da CNH (Foto: Divulgação)

Nicole Santana
Nicole SantanaJornalista e especialista em comunicação empresarial, com bagagem de mais de três anos atuando ativamente no setor automotivo e premiada em 2016 por melhor reportagem jornalística através do concurso da Auto Informe. Atualmente dedica-se à redação do portal Garagem 360, produzindo notícias, testes e conteúdo multimídia sobre o universo automobilístico.
ASSISTA AGORA
Veja mais ›
777 slots - Película automotiva no carro, como o insulfilm